Concurso PMERJ
Seja bem vindo!

Português - Explicação de Orações e Conjunções54.114

Português - Explicação de Orações e Conjunções

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Português - Explicação de Orações e Conjunções

Mensagem por Aline Marques em Qua 22 Set 2010 - 15:31

Conjunção

Conjunção é a palavra que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. As conjunções podem ser classificadas em coordenativas e subordinativas.

Conjunções Coordenativas

Conjunções coordenativas são as que ligam duas orações ou termos de sentido completo e independente. Ex: [Maria estuda] e [Pedro trabalha]. Subdividem-se em:

1) Aditivas: ligam orações ou palavras, estabelecendo relação de soma, adição de idéias.

São elas: e, nem, mas também, quanto, como, mas ainda, bem como, como também, senão ainda.

Ex: O médico não veio nem me telefonou. Pulei do banco e gritei de alegria.

2) Adversativas: ligam duas orações ou palavras, expressando uma relação de oposição (idéia contraria), ou compensação.

São elas: mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto, não obstante, senão (= mas), apesar disso, ao passo que.

Ex: Tentei ligar hoje, porém não consegui. Eu sou pobre, ao passo que ele é rico.

3) Alternativas: ligam orações independentes, expressando ideia de alternância ou escolha, estabelecendo entre elas uma relação de separação ou exclusão.

São elas: ou, ou...ou, ora, já...já, quer...quer, seja...seja, talvez...talvez.

Ex: Ou você estuda ou arruma um emprego. Ora triste, ora alegre, a vida segue o seu ritmo

4) Conclusivas: ligam à anterior uma oração que expressa ideia de conclusão ou consequência.

São elas: logo, pois (depois do verbo), portanto, por conseguinte, por isso, assim, em vista disso, de modo que, de maneira que, de forma que, se sorte que.

Ex: As árvores balançam, logo está ventando. Ele é o dono do carro, portanto é o responsável.

5) Explicativas: são aquelas que unem duas orações, das quais a segunda explica o conteúdo da primeira.

São elas: que, porque, pois (antes do verbo) , porquanto.

Ex: Dorme, que eu penso. Não fale, porque será melhor.

Saiba que:

a) As conjunções e, antes, agora, quando são adversativas quando equivalem a mas.
Ex: Carlos fala, e não faz.
O bom educador não proíbe, antes orienta.
Sou muito bom; agora, bobo não sou.
Foram mal na prova, quando poderiam ter ido muito bem.

b) "Senão" é conjunção adversativa quando equivale a mas sim.

Ex: Conseguimos vencer não por protecionismo, senão por capacidade.

c) Das conjunções adversativas, mas deve ser empregada sempre no início da oração: as outras (porém, todavia, contudo, etc.) podem vir no início ou no meio.

Ex: Ninguém respondeu a pergunta, mas os alunos sabiam a resposta.
Ninguém respondeu a pergunta; os alunos, porém, sabiam a resposta.

d) A palavra pois, quando é conjunção conclusiva, vem geralmente após um ou mais termos da oração a que pertence.

Ex: Você o provocou com essas palavras; não se queixe, pois, de seus ataques


Aline Marques
Cabo

Mensagens: 269
Pontos: 1950
Data de inscrição: 15/07/2010
Idade: 27

Minhas Notas
Português: 0
História: 0
Geografia: 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Português - Explicação de Orações e Conjunções

Mensagem por Aline Marques em Qua 22 Set 2010 - 15:35

Conjunções Subordinativas

São aquelas que ligam duas orações, sendo uma delas dependente da outra. A oração dependente, introduzida pelas conjunções subordinativas, recebe o nome de oração subordinada.

Ex: O baile já tinha começado quando ela chegou.

O baile já tinha começado: oração principal
quando: conjunção subordinativa
ela chegou: oração subordinada

As conjunções subordinativas subdividem-se em integrantes e adverbiais:

1. Integrantes

Indicam que a oração subordinada por elas introduzida completa ou integra o sentido da principal. Introduzem orações que equivalem a substantivos. São elas: que, se.
Ex: Espero que você volte. (Espero sua volta.)
Não sei se ele voltará. (Não sei da sua volta.)

2. Adverbiais

São as que ligam duas orações, sendo que a segunda é adjunto adverbial da primeira, ou seja, a segunda expressa circunstância de causa, comparação, proporção, tempo, condição, concessão, finalidade ou conseqüência.

a) Causais: Iniciam oração que indica a causa, o motivo, a razão do efeito expresso na oração principal.

São elas: porque, que, como (= porque, no início da frase), pois que, visto que, uma vez que, porquanto, já que, desde que, etc.

Ex: Os balões sobem porque são mais leves que o ar.
Como não se interessa por arte, desistiu do curso.

b) Comparativas: introduzem uma oração que expressa ideia de comparação com referência à oração principal.

São elas: como, assim como, tal como, como se, (tão)...como, tanto como, tanto quanto, do que, quanto, tal, qual, tal qual, que nem, que(combinado com menos ou mais).

Ex: O jogo de hoje será mais difícil que o de ontem.
Ele é preguiçoso tal como o irmão.
Maria é tão inteligente quanto Ana.


c) Proporcionais: introduzem uma oração que expressa um fato relacionado proporcionalmente à ocorrência da principal, da idéia de proporção.

São elas: à medida que, à proporção que, ao passo que, quanto menos... (mais), quanto mais... (menos),

Ex: O preço fica mais caro à medida que os produtos escasseiam.
Quanto mais reclamava menos atenção recebia.

d) Temporais: que ligam duas orações, sendo que a segunda expressa circunstância de tempo.

São elas: quando, enquanto, antes que, depois que, logo que, todas as vezes que, desde que, sempre que, assim que, agora que, até que, mal (= quando).

Ex: Implicou comigo assim que me viu.
A cidade ficou mais triste depois que ele partiu.

e) Condicionais: introduzem uma oração que indica a hipótese ou a condição para ocorrência da principal.

São elas: se, caso, contanto que, salvo se, a não ser que, desde que, a menos que, dado que, sem que.

Ex: Se precisar de minha ajuda, telefone-me.
Caso ocorra um imprevisto, a viagem será cancelada

f) Concessivas: introduzem uma oração que expressa ideia contrária à da principal, sem, no entanto, impedir sua realização.

São elas: embora, ainda que, apesar de que, se bem que, mesmo que, por mais que, posto que, conquanto, suposto que, por menos que.

Ex: Embora fosse tarde, fomos visitá-lo.
Não consigo ouvir a voz do astronauta, por mais que me esforce.

g) Finais: iniciam uma oração subordinada que indica a finalidade da oração principal.

São elas: para que, a fim de que, que, porque (= para que), que.

Ex: Toque o sinal para que todos entrem no salão.
Aproxime-se a fim de que possamos vê-lo melhor.

h) Consecutivas: iniciam uma oração na qual se indica a conseqüência do que foi declarado na anterior.

São elas: de sorte que, de modo que, sem que (= que não), de forma que, de jeito que, ( que, tendo como antecedente na oração principal uma palavra como tal, tão, cada, tanto, tamanho).

Ex: Estudou tanto durante a noite que dormiu na hora do exame.
A dor era tanta que a moça desmaiou.

i) Conformativas: introduzem uma oração em que se exprime a conformidade de um pensamento com o da oração principal.

São elas: conforme, como (= de acordo), segundo, consoante, que ( = conforme)

Ex: O passeio ocorreu como havíamos planejado.
Arrume a exposição segundo as ordens do professor.

BY:ALINE Cool

Aline Marques
Cabo

Mensagens: 269
Pontos: 1950
Data de inscrição: 15/07/2010
Idade: 27

Minhas Notas
Português: 0
História: 0
Geografia: 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Português - Explicação de Orações e Conjunções

Mensagem por Palomexpf em Qui 23 Set 2010 - 8:34

Cara, essas conjunções estão tirando o meu sono!!!
O trem difícil sô!!kkkk

Aline, muito obrigada pela dedicação aos companheiros do Fórum.
Bjs

Palomexpf
Sargento - 3º SGT

Mensagens: 440
Pontos: 1964
Data de inscrição: 21/07/2010
Idade: 28
Localização: Brooklin

Minhas Notas
Português: 9
História: 5
Geografia: 4

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Português - Explicação de Orações e Conjunções

Mensagem por Aline Marques em Qui 23 Set 2010 - 17:40

Palomexpf
De nada, o segredo é decorar as conjunções, rs.

Aline Marques
Cabo

Mensagens: 269
Pontos: 1950
Data de inscrição: 15/07/2010
Idade: 27

Minhas Notas
Português: 0
História: 0
Geografia: 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Exercícios de Crase !

Mensagem por wallace da silva em Sex 24 Set 2010 - 11:02

Exercícios de Crase.

1. Em qual das alternativas o uso do acento indicativo de crase é facultativo?

a) Minhas idéias são semelhantes às suas.
b) Ele tem um estilo à Eça de Queiroz
c) Dei um presente à Mariana.
d) Fizemos alusão à mesma teoria.
e) Cortou o cabelo à Gal Costa.

2. "O pobre fica ___ meditar, ___ tarde, indiferente ___ que acontece ao seu redor".

a) à - a - aquilo
b) a - a - àquilo
c) a - à - àquilo
d) à - à - aquilo
e) à - à - àquilo

3. "A casa fica ___ direita de quem sobe a rua, __- duas quadras da Avenida Central".

a) à - há
b) a - à
c) a - há
d) à - a
e) à - à

4. "O grupo obedece ___ comando de um pernambucano, radicado ___ tempos em São Paulo, e se exibe diariamente ___ hora do almoço".

a) o - à - a
b) ao - há - à
c) ao - a - a
d) o - há - a
e) o - a - a

5. "Nesta oportunidade, volto ___ referir-me ___ problemas já expostos ___ V. Sª ___ alguns dias".

a) à - àqueles - a - há
b) a - àqueles - a - há
c) a - aqueles - à - a
d) à - àqueles - a - a
e) a - aqueles - à - há

6. Assinale a frase gramaticalmente correta:

a) O Papa caminhava à passo firme.
b) Dirigiu-se ao tribunal disposto à falar ao juiz.
c) Chegou à noite, precisamente as dez horas.
d) Esta é a casa à qual me referi ontem às pressas.
e) Ora aspirava a isto, ora aquilo, ora a nada.

7. O Ministro informou que iria resistir _____ pressões contrárias _____ modificações relativas _____ aquisição da casa própria.

a) às - àquelas _ à
b) as - aquelas - a
c) às àquelas - a
d) às - aquelas - à
e) as - àquelas - à

8. A alusão _____ lembranças da casa materna trazia _____ tona uma vivência _____ qual já havia renunciado.

a) às - a - a
b) as - à - há
c) as - a - à
d) às - à - à
e) às - a - há

9. Use a chave ao sair ou entrar __________ 20 horas.

a) após às
b) após as
c) após das
d) após a
e) após à

10. _____ dias não se consegue chegar _____ nenhuma das localidades _____ que os socorros se destinam.

a) Há - à - a
b) A - a - a
c) À - à - a
d) Há - a - a
e) À - a - a

11. Fique _____ vontade; estou _____ seu inteiro dispor para ouvir o que tem _____ dizer.

a) a - à - a
b) à - a - a
c) à - à - a
d) à - à - à
e) a - a - a

12. No tocante _____ empresa _____ que nos propusemos _____ dois meses, nada foi possível fazer.

a) àquela - à - à
b) aquela - a - a
c) àquela - à - há
d) aquela - à - à
e) àquela - a - há

13. Chegou-se _____ conclusão de que a escola também é importante devido _____ merenda escolar que é distribuída gratuitamente _____ todas as crianças.

a) à - à - à
b) a - à - a
c) a - à - à
d) à - à - a
e) à - a - a

14. A tese _____ aderimos não é aquela _____ defendêramos no debate sobre os resultados da pesquisa.

a) a qual - que
b) a que - que
c) à que - a que
d) a que - a que
e) a qual a que

15. Em relação _____ mímica, deve-se dizer que ela exerce função paralela _____ da linguagem.

a) a - a
b) à - à
c) a - à
d) à - aquela
e) a - àquela

16. Foi _____ mais de um século que, numa reunião de escritores, se propôs a maldição do cientista que reduzira o arco-íris _____ simples matéria: era uma ameaça _____ poesia.

a) a - a - à
b) há - à - a
c) há - à - à
d) a - a - a
e) há - a - à

17. A estrela fica _____ uma distância enorme, _____ milhares de anos-luz, e não é visível _____ olho nu.

a) a - à - à
b) a - a - a
c) à - a - a
d) à - à - a
e) à - a - à

18. Estava __________ na vida, vivia _____ expensas dos amigos.

a) atoa - as
b) a toa - à
c) a tôa - às
d) à toa - às
e) à toa - as

19. Estavam _____ apenas quatro dias do início das aulas, mas ele não estava disposto _____ retomar os estudos.

a) há - à
b) a - a
c) à - a
d) há - a
e) a - à

20. Disse _____ ela que não insistisse em amar _____ quem não _____ queria.

a) a - a - a
b) a - a - à
c) à - a - a
d) à - à - à
e) a - à - à

21. Quanto _____ suas exigências, recuso-me _____ levá-las _____ sério.

a) às - à - a
b) a - a - a
c) as - à - à
d) à - a - à
e) as - a - a

22. Quanto _____ problema, estou disposto, para ser coerente __________ mesmo, _____ emprestar-lhe minha colaboração.

a) aquele - para mim - a
b) àquele - comigo - a
c) aquele - comigo - à
d) aquele - por mim - a
e) àquele - para mim - à

23. A lâmpada _____ cuja volta estavam mariposas _____ voar, emitia luz _____ grande distância.

a) a - à - à
b) à - a - à
c) a - à - a
d) a - a - a
e) à - a - a

24. Aquela candidata _____ rainha de beleza, quando foi _____ televisão, pôs-se _____ roer as unhas.

a) à - à - a
b) à - a - à
c) a - a - à
d) à - à - à
e) a - à - a

25. Eis o lema _____ sempre obedecia: ódio _____ guerra e aversão _____ injustiças.

a) à que - à - as
b) à que - à - às
c) a que - à - às
d) a que - à - as
e) a que - a - as

26. Faltou _____ todas as reuniões e recusou-se _____ obedecer _____ decisões da assembléia.

a) a - a - as
b) a - a - às
c) a - à - às
d) à - a - às
e) à - à - às

27. Expunha-se _____ uma severa punição, porque as ordens _____ quais se opunha eram rigorosas e destinavam-se _____ funcionárias daquele setor.

a) a - as - às
b) à - às - as
c) à - as - às
d) à - às - às
e) a - às - às

28. _____ alguns meses o Ministro revelou-se disposto _____ abrir _____ discussões em torno do acesso dos candidatos e dos partidos _____ televisão.

a) A - a - as - à
b) Há - a - às - a
c) A - à - às - a
d) Há - à - as - à
e) Há - a - as - à

29. _____ Igreja cabe propugnar pelos princípios éticos e morais que devem reger _____ vida das comunidades, enquanto _____ política deve visar ao bem comum.

a) A - à - à
b) À - a - a
c) À - à - a
d) À - à - à
e) A - a - a







1 C / 2 C / 3 D / 4 B / 5 B / 6 D / 7 A / 8 D / 9 B / 10 D / 11 B / 12 E / 13 D / 14 B / 15 B / 16 E / 17 B / 18 D / 19 B / 20 A / 21 B / 22 B / 23 D / 24 E / 25 C / 26 B / 27 E / 28 E / 29 B.

wallace da silva

Mensagens: 8
Pontos: 1504
Data de inscrição: 16/09/2010
Idade: 28

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum